Tratamento continua durante a gestação



Tratamento continua durante a gestação

19 de outubro de 2015
gestacao.jpg

A gravidez é um dos momentos mais importantes na vida de uma mulher. E a psoríase não pode atrapalhar esse momento. Nem precisa. Durante o período da gestação podem surgir crises, e a grávida precisa estar preparada para encará-la com mais serenidade ainda. Um dos principais cuidados é em relação à medicação. A gestante deve consultar tanto o dermatologista quanto seu obstetra para saber se a medicação indicada não é prejudicial ao feto. Muitos deles não são recomendáveis. O mesmo vale para quem estiver amamentando.

Genética

A psoríase tem raízes genéticas. Não se sabe exatamente como a doença é transmitida dos pais para o filho. Nos estudos populacionais são observados casos familiares em cerca de um terço dos casos, mas é difícil dizer com precisão a chance de o portador de psoríase ter um filho com psoríase. Já nos casos em que o pai e a mãe tem psoríase, o risco da criança ter a doença é de 50%.

Tratamento

Alguns médicos sugerem a suspensão completa dos tratamentos medicamentosos durante o período da gravidez, mas essa conduta não é unânime. A melhor saída é discutir seu caso com o seu médico e avaliar com ele os riscos e benefícios do tratamento para você e o bebê. O uso de medicamentos tópicos costuma ser mantido, mas o produto usado deve passar pela avaliação do médico nessa fase. Todas as medidas preventivas, como usar roupas de algodão, tomar sol e hidratar bem a pele podem ser mantidas. Há hidratantes eficientes para a gestação. Se você ainda está na fase de planejar a gravidez, converse com seu médico para suspender os medicamentos que podem interferir na concepção.    





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados