SBD informa o falecimento do professor Luiz Carlos Pereira



array(4) { [0]=> string(92) "https://www.sbd.org.br/wp-content/uploads/2022/02/WhatsApp-Image-2022-02-13-at-12.22.43.jpeg" [1]=> int(564) [2]=> int(357) [3]=> bool(false) }

SBD informa o falecimento do professor Luiz Carlos Pereira

13 de fevereiro de 2022
WhatsApp-Image-2022-02-13-at-12.22.43.jpeg

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) comunica o falecimento de um dos seus mais ilustres associados: Luiz Carlos Pereira, professor emérito da Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e ex-professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Cirurgião dermatológico, ele foi fundador da Fundação Pró-Hansen, médico sanitarista e membro da Academia Paranaense de Medicina. Na SBD, exerceu o cargo de vice-presidente em 1976.

Em nome de seus associados, a SBD manifesta seu pesar por essa perda para a medicina e a ciência e se solidariza com a família do professor Luiz Carlos, que, com sua partida em 12 de fevereiro, deixa esposa, filhos, netos e bisnetos e uma legião de alunos, amigos e admiradores.

Nascido em Curitiba (PR), em 1932, Luiz Carlos Pereira se graduou em medicina pela UFPR, em 1958. Apaixonado por carros e viagem, ele relatava ter uma vida profissional plena de histórias interessantes. Contava que seu interesse pela dermatologia começou quando era funcionário do Estado e tinha contato com o professor Ruy Miranda que colhia dados do serviço de bioestatística, onde atuava. Após formado, fez o curso de sanitarista e concluiu uma tese sobre surto de febre tifoide.

Logo após, iniciou sua atuação como professor em cursos de verão da UFPR, no Centro de Estudos Leprológicos Souza Araújo, onde desenvolveu pesquisa sobre o mycobacterium leprae. Realizou estágio no Instituto Manguinhos sobre essa bactéria e depois foi empossado como assistente, em 1976, com progressão para adjunto. Em 1984, foi indicado para responder pela disciplina de dermatologia e outras funções, se aposentando em 2002.

No mundo acadêmico, participou de inúmeros congressos nacionais e internacionais, nos quais apresentou trabalhos científicos. Colaborou na descoberta de duas novas síndromes nas displasias ectodérmicas.

Entre outras atividades que exerceu, estão os cargos de diretor do Hospital São Roque; diretor do Centro de Saúde de Curitiba; diretor da Divisão de Profilaxia da Lepra; diretor Clínico do Hospital da Santa Casa de Curitiba; e organizador responsável pelo Serviço de Pênfigo Foliáceo no Hospital Oswaldo Cruz em Curitiba. Também atuou na implantação do Serviço de Dermatologia Pediátrica no Hospital Pequeno Príncipe.

Em vida, colecionou inúmeras homenagens promovidas pela SBD, PUC-PR, UFPR, Santa Casa de Misericórdia de Curitiba e Assembleia Legislativa de Estado do Paraná, entre outras entidades. Foi sócio do VeteranCar Clube de Curitiba, sendo um colecionar de carros antigos, e, como gostava de dizer: tinha uma vida plena e feliz





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados