Dermatologistas Documentos



Dermatologistas Documentos

30 de julho de 2016
dermatologistadocumentos.png

Como acessar a plataforma da ESBCO – Tutorial

Os associados da SBD contam com uma nova plataforma exclusiva de acesso à informação e pesquisa científica. A EBSCO é uma base de dados que oferece, de forma gratuita e ilimitada, uma série de recursos para atender às necessidades de busca por conhecimento e de desenvolvimento profissional.

O serviço pode ser acessado pelo desktop ou por meio de dispositivos móveis.

O conteúdo disponível na EBSCO fornece informações necessárias para o aprimoramento do dermatologista, avaliam especialistas em ensino e pesquisa.

ESBCO – tutorial de acesso pela BIBLIOTECA SBD: clique aqui

ESBCO – tutorial acesso mobile: clique aqui

ESBCO – guia completo: clique aqui

ESBCO – tutorial Dynamed: clique aqui

 

 

 

Manual de publicidade médica

É cada vez mais frequente a presença dos assuntos médicos na mídia. Despertam amplo interesse pelo fato de tocar diretamente nos momentos-chave da existência humana (nascimento e morte), buscando garantir que o transcurso entre esses dois extremos (a vida) seja cumprido com o máximo de bem estar e qualidade.

No entanto, essa atenção despertada – tão natural e legítima – merece zelo. A necessidade de informar o paciente e a sociedade sobre os avanços científicos e tecnológicos, bem como o direito de divulgar a habilitação e a capacitação para o trabalho, entre outros aspectos, não pode ultrapassar os limites éticos.

Numa sociedade consumista, na qual valores, infelizmente, se diluem, a medicina deve atuar como guardiã de princípios e valores, impedindo que os excessos do sensacionalismo, da autopromoção e da mercantilização do ato médico comprometam a própria existência daqueles que dele dependem.

É nesse espírito que o Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou, em 19 de agosto de 2011, a Resolução 1.974/11. Sabemos que, como várias outras regras, esta também deverá ser revisada periodicamente para se manter passo a passo com a evolução da moral contemporânea (hábitos e costumes), mas estamos seguros de que, no momento atual, a presente versão cumpre de modo adequado seu papel norteador.

O texto revela-se como importante contribuição aos médicos e à sociedade, e esperamos que seja objeto permanente de reflexão para todos os que buscam o pleno exercício ético nas diferentes searas da vida.

Presidente do CFM

Confira o Manual de Publicidade Médica

 

 

 

 

 

Guia de publicações médicas

Publicações Médicas: um guia prático para o dermatologista

A SBD disponibiliza mais um importante material de consulta : Publicações Médicas: um guia prático para o dermatologista. Patrocinado pela ISDIN, detalha, de forma simples e direta, os procedimentos necessários para publicar em uma revista científica.

Elaborado especialmente para o público Dermatologista, o guia é um importante auxílio a quem deseja encaminhar um trabalho para publicação, ou pretende conhecer melhor os processos editoriais.

 Compreender a publicação médica

 Compreender organizar e utilizar a pesquisa de literatura

 Como escrever um protocolo de pesquisa – estudo clínico

 Anatomia de uma publicação de estudo clínico

 Anatomia de um artigo de revisão

 Revisão de outros formatos de publicação

 

 

 

 

 

Guia Prático de Fototerapia

 

 

 

 

 

Manual de conduta e
defesa profissional
com termos de consentimento

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), por meio da Comissão de Ética e Defesa Profissional, editou o Manual de conduta e defesa profissional (2005), que aborda os vários aspectos envolvidos na atividade dermatológica e auxilia o especialista a exercer com dignidade e profissionalismo a sua função.

 

 Manual de Conduta

 

 

 

 

 

Termos de consentimento informado:
como preencher?

O documento, que deve ter duas vias, precisa estar completa e corretamente preenchido. A SBD deixa aqui sua sugestão para o uso. O profissional é livre para adaptar ao termo o que achar mais adequado.

O Termo de Consentimento Informado é instrumento que apresenta todos os esclarecimentos que foram prestados ao paciente e/ou seus responsáveis para eliminar eventuais dúvidas sobre o tratamento, seus benefícios e os procedimentos a realizar. Seu uso garante mais confiabilidade à relação médico/paciente, já que esclarece com transparência as possíveis complicações e os riscos da assistência prestada. A Diretoria da SBD, juntamente com o Departamento Jurídico, elaborou um documento que visa auxiliar médicos dermatologistas em sua missão de agir com o máximo de atenção e zelo, em benefício da saúde de seus pacientes, conforme determinam os Princípios Fundamentais do Código de Ética Médica. A entidade frisa que o presente modelo é uma sugestão e não isenta o profissional de sua responsabilidade sobre o Ato Médico.

O vice-presidente da SBD, Sérgio Palma, salienta ser fundamental que o médico ofereça todas as orientações relativas aos cuidados que prestará bem como aos procedimentos e possibilidade de efeitos colaterais e intercorrências.

“É de vital importância manter a comunicação efetiva com o paciente. Dessa maneira, não se deve apenas pedir que o paciente ou seu responsável assine um papel para cumprimento das exigências, mas sim informá-lo detalhadamente sobre todo o tratamento/procedimento”, avaliou.

Para ser perfeitamente entendido, o documento tem como características a escrita simples, a linguagem acessível e ausência de termos técnicos, além dos dados de identificação do paciente, seu responsável e do médico, informação sobre a proposta terapêutica ou procedimentos a utilizar, bem como sobre riscos pertinentes ao processo e a assinatura dos envolvidos. Também é sugerido deixar um espaço no termo para que o paciente escreva do próprio punho suas observações. O termo deve ser assinado em duas vias e o paciente deve levar uma cópia para casa.

Modelo de formulário

 

 

 

 

 

Guia de Relacionamento
com operadoras de
planos de saúde

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), por meio da Comissão de Ética e Defesa Profissional, editou o Manual de conduta e defesa profissional (2005), que aborda os vários aspectos envolvidos na atividade dermatológica e auxilia o especialista a exercer com dignidade e profissionalismo a sua função.

 Guia de relacionamento

 

 





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados