Após três dias, I Simpósio Internacional de Cabelos e Unhas da SBD é encerrado com sucesso em BH



Após três dias, I Simpósio Internacional de Cabelos e Unhas da SBD é encerrado com sucesso em BH

23 de julho de 2016
imagem-coringa-branco-800x600.jpg

mg_0365texto A programação do último dia do I Simpósio Internacional de Cabelos e Unhas da SBD, iniciado na manhã desse sábado (23), em Belo Horizonte (BH), contou com a participação do convidado estrangeiro Eckart Haneke, da Alemanha, um dos grandes nomes da dermatologia na área da patologia e cirurgia ungueal. Em sua apresentação, Haneke abordou a “Conduta nos melanomas ungueais” e o “Diagnóstico e tratamento do onicopapiloma”. Eckart Haneke, reconhecido internacionalmente na área de dermatologia médica, cirurgia dermatológica, histopatológica e doenças das unhas

Uma plateia composta por 700 dermatologistas assistiu atentamente a temas palpitantes ministrados ainda na parte da manhã, como “Scalp Cooling para a prevenção de queda capilar em pacientes que são submetidos à quimioterapia”; “Diagnóstico diferencial das lesões verrucosas do aparelho ungueal”; “Inflamação neurogênica e novas perspectivas nas alopecias cicatriciais”, entre outros.

O dermatologista Bertrand Richert, da Bélgica, especialista que tem como principais áreas de atuação a cirurgia e doenças do aparato ungueal, proferiu interessante palestra sobre “Meus melhores e mais desafiadores casos de unhas”. mg_9119_texto Na sequência, uma seleção de renomados especialistas brasileiros e com larga experiência nas doenças capilares e ungueais discutiu as principais questões científicas que envolvem essas duas áreas da especialidade. No bloco sobre Unhas, a dermatologista Tatiana Villas Boas Gabbi (SP) ministrou a aula “Doenças ungueais em crianças”, abordando as doenças mais frequentes nessa faixa etária, como verrugas e unhas encravadas e seus principais tratamentos.

No mesmo bloco, Izelda Maria Carvalho Costa (DF) apresentou palestra sobre “Unhas frágeis: onicosquizia e onicorrexe”. mg_9276 mg_9327 “Um encontro como esse atrai muito os dermatologistas que querem se informar mais sobre cabelos e unhas, temas que não são tão presentes no período da residência, mas que são bastante comuns no dia a dia do consultório médico”, conta Tatiana Gabbi. mg_9386 mg_9400 O bloco sobre Cabelos, sob a coordenação de Ricardo Romiti (SP), encerrou a programação científica do encontro. Até as 19h, foram apresentados temas, como “Cabelos e autoestima”; “Desafios e dilemas: colagenoses do couro cabeludo”; “Microagulhamento nas alopecia”; “Plasma rico em plaquetas e intradermoterapia nas alopecias”; e “Plasma rico em plaquetas em alopecia androgenética”.

“A VI e última sessão foi multifacetada mostrando desde manifestações clínicas e abordagens terapêuticas das colagenoses que podem acometer o couro cabeludo, como o lúpus e a esclerodermia, até procedimentos atuais no manejo das alopecias, como o microagulhamento. O Simpósio provou ser um grande sucesso de público e teve uma excelente organização por parte da diretoria da SBD e de todo comitê científico”, afirma Romiti. O coordenador do Departamento de Cabelos e Unhas da SBD, José Rogério Régis Jr., ficou satisfeito com a grande adesão dos especialistas ao congresso, resultado da qualidade da grade científica e dos palestrantes. “Classifico esse evento como um sucesso. Foram três dias de muito aprendizado e de troca de experiência entre os participantes que receberam muito bem o programa científico”, realça.

Organizado pela SBD, por intermédio do seu Departamento de Cabelos e Unhas, o encontro ocorreu de 21 a 23 de julho, na capital mineira, com o apoio da Regional Minas Gerais. “Agradeço ao empenho da atual Diretoria da SBD, captaneada pelo Dr. Gabriel Gontijo, e a também ao apoio da SBD-MG, sob a presidência do Dr. Glaysson Tavares, na realização do I Simpósio Internacional de Cabelos e Unhas da SBD. Que venham outras edições.”, complementa José Rogério.





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados