75º Congresso Brasileiro de Dermatologia: o momento do reencontro



75º Congresso Brasileiro de Dermatologia: o momento do reencontro

5 de janeiro de 2021
bol156eventos.jpeg

O 75º Congresso da Sociedade Brasileira de Dermatologia (CSBD 2021), evento mais importante da instituição, ocorrerá entre os dias 4 e 7 setembro de 2021, na cidade de São Paulo. Já definida, a programação científica aborda todos os assuntos relacionados ao segmento da dermatologia. Seguindo o padrão dos congressos anteriores, ocorrerão uma série de atividades, que englobam cursos teóricos e em vídeo, simpósios, fóruns, reuniões administrativas, sessões especiais e plenárias, totalizando 113 ações científicas (veja detalhes a seguir).

“A grade científica de nosso Congresso procura atender de maneira igualitária todos os dermatologistas, sejam eles jovens ou experientes das mais diferentes áreas da especialidade, quer clínica, cirúrgica, diagnóstica ou terapêutica. A grade está pronta desde 2019 e passará por poucas interferências até o início de 2021. Podemos afirmar que toda dermatologia será contemplada no Congresso”, afirma o presidente Cyro Festa-Neto, adiantando que o encontro terá como novidade uma sala especial de um dia inteiro para apresentação de trabalhos científicos de residentes. “Também no último dia do Congresso será feito um resumo dos temas de maior impacto para os participantes”, disse.

Com temas diversificados, o programa do Congresso Brasileiro de Dermatologia busca estimular novos conhecimentos, mas também pesquisadores no país. De acordo com Festa-Neto, a intenção é aliar os temas à prática de consultório, “além de estimular os jovens não apenas à prática diária, mas ao aprendizado e iniciação à ciência. Precisamos de jovens interessados na academia para o desenvolvimento científico de nossa especialidade”, reforça lembrando que a programação contará com forte contribuição de seis palestrantes internacionais que atuam em áreas importantes na dermatologia.

Com relação aos temas pré-Congresso, serão ministrados cursos teóricos e práticos de temas relevantes como oncologia cutânea, atualização terapêutica, dermatologia pediátrica, dermatologia cosmiátrica e cirurgia dermatológica, entre outros.

Segundo o presidente, a responsabilidade da organização redobra devido à pandemia de Covid-19. O acontecimento fez com o evento que seria realizado no ano anterior, fosse transferido para 2021. “Não podemos afirmar, entretanto, a chance de termos um Congresso presencial, é enorme. A expectativa é grande e provavelmente será um dos primeiros eventos de grande porte que se realizará pós-pandemia. Até lá, já esperamos que todos estejamos vacinados e livres da doença. Se existirem novas normas impostas para eventos presenciais, estas serão cumpridas à risca”, assinala.

Ter conseguido alinhar a programação científica em meio à pandemia foi um ponto positivo da organização. No entanto, o presidente ressalta que a esperança de reencontrar todos fisicamente e poder abraçar de novo ganham significado importante. “Gostaríamos alcançar os mesmos resultados que os congressos anteriores conseguiram que são ganho de aprendizado, conteúdo científico à altura de nosso congresso e número expressivo de participantes. Mas mais do que isso, será voltar ao nosso normal para que possamos estar juntos presencialmente, apertarmos nossas mãos e nos abraçarmos novamente”.

O último congresso realizado na capital paulista ocorreu em 2015 e a expectativa para o encontro deste ano é alta. Para inscrições e detalhes da programação científica, acesse a página oficial do evento.

Convidados Internacionais – Ao longo dos meses de trabalho, foram sendo divulgados os nomes dos conferencistas internacionais que iam sendo confirmados. Conheça os palestrantes.

Trabalhos científicos – O prazo para submissão de trabalhos científicos vai de 30 de março até 15 de maio de 2021. Para enviar um trabalho é necessário que um dos autores já tenha realizado a inscrição no Congresso, nas categorias disponíveis no período. Os temas devem estar de acordo com as seguintes áreas de interesse: Biologia molecular, Cirurgia dermatológica, Cosmiatria, Dermatoses acneiformes, Dermatoses autoimunes, Dermatoses de anexos cutâneos, Dermatoses eczematosas, Dermatoses genéticas, Dermatoses infecciosas,  Dermatoses metabólicas, Dermatoses neoplásicas, Dermatoses pápulo-escamosas, Dermatoses por agentes físicos, químicos e mecânicos, Dermatoses psicossomáticas, neurogênicas e psicogênicas, Dermatoses vasculares, Dermatoses vésico-bolhosas, Semiologia e métodos diagnósticos em dermatologia e Outras áreas. O envio deve ser feito apenas de forma online, por meio do site oficial do evento.

Programa científico
17 cursos teóricos
6 cursos práticos em vídeo
34 simpósios
29 fóruns
12 reuniões de Departamentos da SBD
4 sessões anatomoclínicas
5 sessões especiais
6 sessões plenárias


Cyro Festa Neto (no microfone) participa de seu primeiro Congresso de Dermatologia em 1979, na cidade de Poços de Caldas, Minas Gerais

 





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados