Um encontro além das expectativas



Um encontro além das expectativas

22 de outubro de 2016
imagem-coringa-branco-800x600.jpg

img-20161022-wa0023

 

A programação do último dia do 9º Simpósio de Cosmiatria e Laser da SBD e 3º TeraRio, neste sábado (22), no Rio de Janeiro, contou com 17 palestras distribuídas em cinco blocos. O debate teve início às 8h com o bloco de Laser que abordou os temas “Laser na gestação”; “Genitália feminina: tratamento estético e funcional e o laser e a mulher menopausada” e “Tratamentos corporais (celulite, estrias, flacidez)”. Os assuntos geraram movimentação bastante intensa entre debatedores e plateia, que discutiram os temas com grande competência.

“Com relação aos tratamentos corporais existentes, podemos dizer que eles evoluíram muito. Mas para quem vai iniciar, é muito importante checar as informações das empresas com colegas mais experientes, pois as fotos que muitas dessas nos apresentam, mostram ‘milagres’ e não a realidade, principalmente em relação à celulite e flacidez corporal. Também não há mais dúvidas de que para tratamentos corporais é muito importante a associação, tanto de diferentes tecnologias quanto de outros métodos, como aplicação de ácido polilático e outras técnicas para melhorar os resultados”, considera Roberto Mattos, do Departamento de Laser da SBD.

Na sequência, no bloco do TeraRio, um auditório participativo assistiu as aulas “Grupos farmacológicos: doses, efeitos colaterais e interações medicamentosas – carbamazepina, amitriptilina, gabapentina e pregabalina”; “Manejo do prurido”; “Manejo da dor neuropática”; e “Neuralgia pós-herpética: prevenção e tratamento”, aula que contou com a participação do anestesiologista e clínico da dor, Paulo Renato Fonseca.

“Esse bloco do TeraRio foi superinteressante e requisitado, com uma participação ativa da plateia, que utilizou nossa ferramenta de Whatsapp para o envio de diversas perguntas para os debatedores da mesa. A presença de um especialista de outra área também estimulou bastante o interesse e a participação de todos”, comenta o coordenador do TeraRio Egon Daxbracher, que proferiu aula de manejo da dor neuropática. “Para o dermatologista, é importante o domínio desse assunto, pois muitas vezes nos deparamos com algumas situações em que é importante saber manejar, ainda que inicialmente, a conduta para o alívio das dores do nosso paciente”, disse.

O dermatologista Geraldo Magela comandou a sessão de Cosmiatria, a última da manhã, sobre os desafios do melasma, as indicações dos fios de sustentação e o uso da isotretinoina oral (principal droga para o tratamento de espinhas) como ferramenta terapêutica utilizada por dermatologistas para o controle do fotoenvelhecimento. “No caso do uso da isotretinoina oral no fotoenvelhecimento, a substância precisa ser ministrada com cautela, porque é uma droga com altas chances de causar defeitos fetais, caso seja aplicada durante a gestação. As pessoas com idade mais avançada também podem sofrer efeitos colaterais, por causa da função hepática e do metabolismo dos lipídeos (um dos riscos do tratamento via oral com a isotretinoina é o mal funcionamento do fígado). Tudo que existe na literatura a respeito de eficácia e segurança da isotretinoina oral se refere a acne, portanto são necessários mais trabalhos para comprovar a sua eficácia”, enfatiza Edileia Bagatin, do Departamento de Cosmiatria da SBD.

 

MAIS TÓPICOS DA PROGRAMAÇÃO

Na parte da tarde, uma seleção de renomados especialistas discutiu as principais questões científicas que envolvem as áreas de laser e terapias dermatológicas. No bloco de Laser, sob a coordenação de Celia Vitello Kalil, foram debatidas as formas de evitar e tratar complicações em laser, como lesões vasculares, pigmentadas e tatuagem; o tratamento do melasma com radiofrequência microagulhada e/ou drug delivery; e desafios no laser.  

“Esses três blocos de discussão foram bastante produtivos, com aulas que trouxeram muitas novidades, principalmente em relação a combinações de tratamento além do clínico, de doenças como o melasma, as atualizações que estão surgindo para os tratamentos de estrias e as cicatrizes e as complicações do uso de lasers com técnicas inadequadas. Mostrou-se como o laser é usado na correção das consequências em geral e a gama de aparelhos que o mercado oferece, além da necessidade de se conhecer a luz para o bom uso”, relata Celia Kalil.

img-20161022-wa0042

O bloco TeraRio, sob a coordenação de Flavio Luz (presidente da SBD-RJ), Ana Luisa Sampaio e Marcio Serra encerrou a programação científica do encontro. Até as 17h30, convidados apresentaram e discutiram com a plateia temas, como “Pitiríase liquenoide”; “Vitiligo”; “Onicocriptose/granuloma piogênico”; e “Olheiras”. Para o dermatologista Flávio Luz, a parceria entre SBD Nacional e Regional deu certo. O médico ressaltou que a conjugação de esforços para a realização de eventos entre a SBD Nacional e as Regionais, contribui para que o associado tenha uma atualização de alta qualidade, prática e econômica.

“Nesse evento tivemos uma conjunção muito harmônica de eventos e de temas e percebemos que o público ficou muito satisfeito, se sentindo bem informado e atualizado. Esperamos que esse modelo seja cada vez mais implementado e utilizado, para racionalizar os recursos e facilitar a vida do dermatologista”, frisa.

Para o presidente da SBD, Gabriel Gontijo, o sucesso do evento conjunto mostra a integração e a força do Sistema SBD, composto pela Nacional e suas Regionais. “Somos a favor de uma agenda científica racional, com a redução do custo do associado na participação de eventos e diminuição da pulverização do investimento da indústria farmacêutica. Repetindo o sucesso obtido no Simpósio de Cosmiatria e Laser realizado conjuntamente com a Radesp, no ano passado, unimos nossas forças com a SBD-RJ para a realização desse evento de altíssimo nível científico, que permitiu ao congressista uma boa atualização de conhecimentos em cosmiatria, laser e clínica fazendo valer o fortalecimento do Sistema SBD”.

O 9º Simpósio de Cosmiatria e Laser da SBD e 3º TeraRio foram realizados conjuntamente pela primeira vez, de 20 a 22 de outubro, no Hotel Windsor Oceânico, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados