Teraderm Online 2020 começa com a meta de promover a capacitação dos especialistas na prática clínica dermatológica



Teraderm Online 2020 começa com a meta de promover a capacitação dos especialistas na prática clínica dermatológica

9 de outubro de 2020
teraderm1.jpeg

“Em meio à pandemia de Covid-19, o Teraderm 2020 – edição online entrará para a história como um dos primeiros grandes eventos da dermatologia brasileira ancorado no universo digital. Unindo modernidade e tradição, a iniciativa apresentará uma proposta de educação à distância com exemplar qualidade científica”.

Com essas palavras, o presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Sergio Palma, fez a abertura oficial do 12° Teraderm, evento promovido pela entidade, em formato totalmente online, a partir de hoje (9/10) até a próxima segunda-feira (12/10).

“Nosso intuito central é propiciar, mesmo à distância, quatro dias de imersão completa aos congressistas. Por meio de aulas dinâmicas e interativas, que possibilitam o amplo debate, vamos qualificar o trabalho dos especialistas brasileiros. Como consequência, ao mesmo tempo, ganharão também os pacientes, em termos de saúde e segurança”, frisou o presidente da SBD.

Na solenidade de abertura, dando boas-vindas aos congressistas, também estavam presentes os membros da coordenação do evento os médicos dermatologistas Clarisse Zaitz, Jayme de Oliveira Filho, John Veasey e Ricardo Shiratsu.

Grade de atividades – A programação oficial do Teraderm, composta por mais de 100 palestras, tem como objetivo estimular o aprendizado e a atualização do conhecimento dos dermatologistas do país, com foco no aprimoramento da prática clínica. Todas as aulas contam com transmissão ao vivo e suporte de um estúdio especialmente montado para o evento.

No primeiro dia de atividades, estiveram em pauta assuntos como: “Intradermoterapia: vilã ou heroína? ”; “Hidradenites – algoritmo para tratamento”; “Fotoproteção do futuro: desafios e oportunidades”; “Melasma: novidades que vieram para ficar”; “Acne na pré-adolescência”; “Tratamentos de lesões perioculares no consultório”; “Tratamento global da face com o mínimo de seringas de preenchedor”; e mais.

Em cada aula, para garantir a interatividade do encontro, os congressistas puderam enviar em tempo real dúvidas e questionamentos aos palestrantes e coordenadores dos blocos. “Todos os temas da 12º edição do Teraderm foram criteriosamente selecionados pela Comissão Organizadora a fim de colocar em perspectiva os principais desafios implicados no dia a dia dos dermatologistas. Por esse motivo, a SBD convidou apenas experts em cada área, que estão plenamente habilitados a conduzir debates inovadores para o enriquecimento dos nossos congressistas”, salientou Sérgio Palma.

Próximas palestras – Neste sábado (10/10), estarão em discussão os seguintes temas: “Como identificar e atuar precocemente nas complicações dos preenchedores?”; “Doenças autoinflamatórias: diagnóstico e tratamento”; “Entre a infinidade de cosmecêuticos, qual escolher para peles secas, mistas e oleosas?”; “Medicamentos que usamos e saíram de mercado: como substituir?”; “Biológicos: podem ser a primeira indicação?”; “Como abordar cicatrizes inestéticas resultantes de acidentes, procedimentos cirúrgicos e estéticos?”; “Lasers fracionados ablativos e não ablativos: minhas melhores indicações”; entre outros.

Aos inscritos, Sergio Palma fez um lembrete: todas as aulas estarão gravadas e ficarão disponíveis em plataforma online para que sejam assistidas por mais 60 dias após o evento. Na oportunidade, também convidou os congressistas a conhecerem e participarem dos próximos eventos da entidade: V Simpósio Internacional de Cabelos e Unhas, previsto para ocorrer de 6 a 8 de novembro; e 42º Simpósio de Dermatologia Tropical, agendado para 11 e 12 de dezembro.

Acesse aqui a agenda de eventos da SBD.

 

 





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados