SBD incentiva doação de medula óssea durante Congresso em Porto Alegre



SBD incentiva doação de medula óssea durante Congresso em Porto Alegre

9 de setembro de 2016
O secretário-geral do Congresso, Renan Bonamigo, e o pessoal da ONG Doutorzinhos
O secretário-geral do Congresso, Renan Bonamigo, e o pessoal da ONG Doutorzinhos

Até o fim do encontro, uma unidade móvel do Hemocentro do Rio Grande do Sul está no Centro de Convenções Fiergs para coletar amostras de sangue dos especialistas que desejarem se tornar doadores de medula óssea. A divulgação está sendo feita em parceria com o Hemocentro do Rio Grande do Sul e ONG Doutorzinhos e procura sensibilizar os 3 mil congressistas presentes para essa causa.

Para doar é preciso ter entre 18 e 55 anos incompletos, estar em bom estado de saúde, portar documento de identidade oficial com foto e preencher um formulário. São coletados 5 ml de sangue (amostra) para a análise do código genético de compatibilidade (histocompatibilidade, HLA) com prováveis receptores.

Serão duas horas diárias para coleta e preenchimento de cadastro, que posteriormente será enviado para o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome).

Mais informações:

Hemocentro do Estado do Rio Grande do Sul – Av. Bento Gonçalves, 3722 – Partenon

De 8h às 18h (51) 3336-6755 – hemorgs-adm@fepps.rs.gov.br

img-20160909-wa0002 img-20160909-wa0003

NA MÍDIA

O jornal da TVE do Rio Grande do Sul exibiu uma reportagem sobre o Congresso Brasileiro de Dermatologia, que ocorre até este sábado (10), em Porto Alegre.

Na matéria, o dermatologista Sergio Schalka, de São Paulo, responsável pelo Consenso Brasileiro de Fotoproteção da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), fala sobre as novidades para a proteção solar e esclarece questões.

A seguir o link com a reportagem.

sergio-schalka-programa





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados