Mundo está mais vulnerável a doenças originadas nos alimentos, diz OMS



Mundo está mais vulnerável a doenças originadas nos alimentos, diz OMS

28 de outubro de 2011

O crescente comércio global tornou o mundo mais vulnerável a surtos de doenças causados por alimentos contaminados, afirmou a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Segundo autoridades da OMS, a investigação desses casos ficou mais difícil porque as comidas podem ter ingredientes de todo o mundo em sua composição e ser transportadas ao longo de uma complexa cadeia de distribuição global.

‘Surtos de doenças com origem nos alimentos se tornaram uma ameaça especialmente grande por causa dos amplos volumes (transportados por meio) do comércio e das viagens internacionais’, disse a diretora-geral da OMS, Margaret Chan, numa conferência em Cingapura sobre como melhorar a preparação para eventuais ameaças globais à saúde.

– Elas são grandes em seu potencial de disseminação geográfica, envolvendo geralmente muitos países’. Um desafio enfrentado pelos governos do mundo é como ‘reduzir as consequências na saúde e na economia das doenças originadas em alimentos.

Ela mencionou como exemplo o surto de contaminação com uma nova variedade da bactéria E.coli, neste ano, que afetou quase 4.000 pessoas, deixando 51 mortos na Europa e provocando enormes prejuízos para os produtores de vegetais.

Produtos como tomates, alfaces, abobrinhas e pimentões foram retirados do mercado entre o fim de maio e o fim de junho por causa da doença, enquanto a Rússia chegou a proibir as importações de vegetais da União Europeia.





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados