Jundiaí tem ação no Dia Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele



Jundiaí tem ação no Dia Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele

23 de novembro de 2018
campanha-cancer-de-pele-2017-7-e1542878376786.jpg

No sábado, dia 01 de dezembro, acontece a Campanha Nacional de Prevenção ao Combate ao Câncer da Pele sob organização do Professor Titular da FMJ e Dermatologista, Paulo Cunha. Em Jundiaí, o atendimento será das 8h às 14hs, no Ambulatório da Faculdade de Medicina de Jundiaí, a Rua Francisco Telles, 222, Vila Arens. Sem necessidade de agendamento prévio.

Trata-se de uma parceria entre Sociedade Brasileira de Dermatologia, Serviço de Dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí e Secretaria Municipal de Saúde. Em Jundiaí, o trabalho é realizado há mais de 20 anos e nesse período mais de 10 mil pessoas já foram atendidas por esta instituição.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), todos os anos surgem 176 mil casos de câncer da pele, o de maior incidência no país. O movimento com a promoção de uma série de iniciativas de conscientização sobre a prevenção e o diagnóstico precoce da doença, incluindo a importância da fotoproteção em suas diferentes formas para a redução dos riscos. Este ano, pela primeira vez, a campanha continua durante todo o verão, trazendo diferentes ações na internet, ruas, praias e parques.

Sob o slogan “Se exponha mas não se queime”, pretende conscientizar e educar as pessoas sobre os riscos do câncer da pele decorrentes da exposição excessiva ao sol sem proteção, lembrando que filtro solar não é o único cuidado contra a radiação ultravioleta. A mensagem visa atingir, sobretudo, quem trabalha sob o sol ou ao ar livre, bem como as pessoas em seu cotidiano profissional e em momentos de lazer.

É importante salientar que, neste dia, os atendimentos serão exclusivamente voltados para câncer de pele. Médicos dermatologistas realizam a campanha com o objetivo de orientar a população, detectar pré-câncer e câncer da pele.

São pelo menos 60 pessoas envolvidas nos atendimentos, entre professores, alunos e funcionários. No ano de 2017, aproximadamente 10% de todos os pacientes que passaram por avaliação tiveram o diagnóstico de pré-câncer ou câncer da pele.

Fonte: Mães de Jundiaí – SP





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados