Eficaz, mas nem tanto



Eficaz, mas nem tanto

22 de maio de 2010

Muito se fala sobre os benefícios da argila para a pele. De fato, conforme afirma a dermatologista Mana de Fátima Melo Borges, presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia (regional Minas Gerais), as máscaras de argila retiram o óleo em excesso e proporcionam sensação de conforto. ‘O efeito adstringente passa em alguns dias pois a pele volta a produzir oleosidade naturalmente. Mas, em geral, não há problema em repetir a aplicação no máximo duas vezes por semana”, diz. A dermatologista informa que a argila também tem certa abrasividade. “Quando aplicada em movimentos suaves circulares, ela promove uma esfoliação leve.’ Porém, não se deve acreditar em grandes promessas para este composto de alumínio, sílica e água, tais como renovação celular, clareamento e antienvelhecimento. ‘Existem tratamentos mais complexos para isso, como peelings, laser e medicamentos à base de retinoides’, lista.





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados