Diretores da SBD anunciam lançamento de relatório da gestão 2019-2020 e apontam destaques do período



Diretores da SBD anunciam lançamento de relatório da gestão 2019-2020 e apontam destaques do período

14 de dezembro de 2020
diretoria-2019---2020.png

Os avanços alcançados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) no período de 2019 e 2020 serão descritos em relatório de gestão que será encaminhado aos associados por e-mail até o fim de dezembro. Na assembleia geral da entidade, realizada no domingo (13/12), os atuais membros da Diretoria Executiva fizeram exposições, durante as quais destacaram tópicos que farão parte do documento.

Sobre os resultados administrativos, de acordo com os diretores da SBD, a modernização de processos operacionais internos teve êxito. O diretor financeiro da entidade, Egon Daxbacher, salientou que foram criadas iniciativas para trazer maior eficiência no uso dos recursos dos associados, com a redução de despesas e aumento de novas receitas em 2020, aproveitando as oportunidades proporcionadas pela pandemia de Covid-19.

Após sua exposição, Egon Daxbacher parabenizou a gestão 2021-2022 e fez votos de sucesso para os próximos diretores “que certamente vão dar continuidade ao trabalho de forma muito vitoriosa”. Ele agradeceu à diretoria atual pelo convívio, troca de experiências e ressaltou o trabalho desempenhado pelos funcionários e colaboradores sob a coordenação da gerente Priscila Rudge, em meio à pandemia: “todos incansáveis em suas funções”.

Mais atividades – Por sua vez, a secretária-geral Claudia Alcântara listou outros projetos executados pela SBD neste período, como criação do SBD Inovação 4.0; selo do associado; o projeto Araras – ação social focada no xeroderma pigmentoso; o lançamento da página oficial da SBD Coronavírus; entrega do aplicativo da SBD e da plataforma online aos associados; e a realização de campanhas institucionais de Valorização do Dermatologista, Janeiro Roxo, Dermatite atópica, Psoríase e Dezembro Laranja; e outros.

Ao detalhar alguns pontos da reunião do Conselho Deliberativo, ocorrida no final de outubro, Claudia anunciou os novos membros das Comissões Permanentes da SBD. Os três eleitos para compor a Comissão de Ensino da SBD foram Paulo Roberto Lima Machado, da Bahia; Pedro Dantas Oliveira, de Sergipe; e Luciana Archetti Conrado, de São Paulo. Luna Azulay Abulafia, do Rio de Janeiro, foi eleita para integrar a Comissão de Título de Especialista em Dermatologia (TED). Edileia Bagatin, de São Paulo, vai compor a Comissão Científica, e Erica Monteiro, de São Paulo, assumirá a Comissão de Ética da SBD. O dermatologista Sílvio Alencar Marques, de São Paulo, foi eleito para ocupar o cargo de editor científico dos Anais Brasileiros de Dermatologia (ABD).

No final, a médica agradeceu e reforçou o empenho de todos que contribuíram com a gestão que encerra no final do mês dezembro. “Tenho a convicção de que esses dois anos foram exaustivos, mas também prazerosos. Nós conseguimos realizar muita coisa apesar de todas as dificuldades impostas pela pandemia. Espero que a próxima gestão, da qual também faço parte, possa fazer cada vez mais para os associados e pela sociedade”, considerou Claudia.

Eventos – Já o presidente da entidade, Sérgio Palma, enumerou conquistas em outros campos, como a realização de 17 eventos científicos (dez no ano passado e sete este ano), a produção de diversos documentos técnicos e científicos com o auxílio de assessores e experts, como o Manual de Fototerapia e o Consenso Nacional de Psoríase, e a implementação do Projeto SBD Live, com 32 transmissões que contemplaram diferentes temas da prática dermatológica em plataforma exclusiva para médicos e pelo Youtube para o público em geral. Tudo com o objetivo de promover a difusão do conhecimento científico da dermatologia brasileira, um dos grandes pilares da gestão.

“Nossa base é a capacitação dos profissionais que vai desde nossos processos de residência até o aperfeiçoamento contínuo por meio da educação médica, visando dar melhor assistência ao paciente. Nos reinventamos durante a pandemia para promover atividades de qualidade para a capacitação e mantivemos a tradição de promover educação médica continuada de alta qualidade para todos”, afirmou o presidente.

Exposição – Outro ponto sublinhado foi a adoção de uma linha de comunicação estratégica pela SBD. Conforme disse Sérgio Palma, por meio da ampliação da exposição da entidade na grande mídia, não apenas no tocante da divulgação de doenças e tratamentos dermatológicos, mas também ao abordar temas como a importância do ato médico e ações para o fortalecimento da imagem institucional, a população passou a entender melhor o trabalho e a função da Sociedade na área da saúde.

“Neste ano atípico a SBD enfrentou a pandemia mantendo a qualidade do seu trabalho e reforço à comunicação estratégica, pois sem comunicação não existe valorização profissional. É gratificante ver que a SBD cresceu bastante em todos os setores da mídia”, frisou. Nas redes sociais a SBD possui hoje 184 mil seguidores no Facebook e 105 mil no Instagram. Durante o biênio foram contabilizadas mais de 200 mil menções à sociedade nas mídias sociais e mais de 15 mil citações diretas em veículos impressos e online.

 





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados