Atuação da SBD contra a invasão de competências em dermatologia foi destacada em evento no Rio Grande do Sul



Atuação da SBD contra a invasão de competências em dermatologia foi destacada em evento no Rio Grande do Sul

5 de novembro de 2019
sbd-rs3.jpeg

O amplo trabalho de combate à invasão da área da dermatologia por profissionais não-médicos foi destacado pelo presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Sérgio Palma, durante a solenidade de abertura do IV Simpósio Internacional de Cabelos e Unhas, da 27ª Jornada Sul Brasileira de Dermatologia e da 44ª Jornada Gaúcha de Dermatologia. Todos os eventos aconteceram, simultaneamente, em Gramado (RS). 

“Nossa Sociedade está presente de diversas formas como, por exemplo, na Frente Parlamentar na Câmara dos Deputados, no Senado Federal, no Ministério Público e no Ministério da Saúde. São mais de 80 projetos de lei que tramitam em defesa da Medicina. Importante destacar ainda o apoio recebido pelas regionais, como acontece nos três estados do Sul do Brasil – Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul”, afirmou. 

Os eventos ocorreram entre 31 de outubro e 2 de novembro e contaram com a participação de mais de mil especialistas. Na abertura, a dermatologista Dóris Maria Hexsel (RS), que assumiu a presidência da Sociedade Internacional de Cirurgia Dermatológica (com sede na Alemanha), recebeu uma homenagem da SBD e de sua filiada no Rio Grande do Sul (SBD-RS). É a primeira vez que um médico latino-americano lidera a entidade, que congrega médicos dermatologistas e cirurgiões plásticos de mais de 40 países.

Também participaram da abertura os coordenadores dos eventos que ocorrem de forma paralela: Leonardo Spagnol Abraham (Departamento de Cabelos da SBD) e Taciana Dal´Forno Dini (representando a coordenação da 27ª Jornada Sul-brasileira de Dermatologia e da 44ª Jornada Gaúcha de Dermatologia). Ainda estiveram presentes os presidentes das outras duas Regionais do Sul: Anarosa Sprenger, da SBD Paraná, e Rafael Lenzi, da SBD Santa Catarina.

Debates – Após a abertura oficial, o primeiro bloco de debates trouxe, entre outros temas, o uso de tecnologias para o rejuvenescimento facial e o uso combinado de preenchedores e bioestimuladores na face. Dóris Hexsel fez apresentação sobre as novas tendências em toxina botulínica. 

As características da queda de cabelos em negros e terapias emergentes foram alguns tópicos abordados durante a tarde pela assessora do Departamento de Cabelos e Unhas da SBD, Bruna Duque-Estrada (abaixo), e pela médica Mariya Miteva (acima), dos Estados Unidos. Alessandra Anzai falou sobre a tricoscopia, exame realizado para análise de pelos, abordando a importância do procedimento para auxílio no diagnóstico das doenças do couro cabeludo.

O bloco dedicado às unhas iniciou com palestra sobre cosmética. Débora Cadore de Farias detalhou o uso de unhas em porcelana, gel e acrílico. Eckart Haneke discorreu sobre o uso da terbinafina oral no tratamento da tinha ungueal – formas de administração, tempo de tratamento e resultados.

Ao final do dia, os temas foram relacionados ao câncer de pele, desde o planejamento de cirurgias, passando por indicações da Cirurgia de Mohs e dicas práticas para o dia a dia e tratamentos não cirúrgicos. O IV Simpósio Internacional de Cabelos e Unhas da SBD, a 27ª Jornada Sul Brasileira de Dermatologia e a 44ª Jornada Gaúcha de Dermatologia foram uma realização da SBD, em parceria com a Secção RS (SBD-RS). 

* Com informações da assessoria de imprensa SBD-RS





SBD

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Av. Rio Branco, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-003

Copyright Sociedade Brasileira de Dermatologia – 2021. Todos os direitos reservados