SBD

Brasileiros

SBD

Estrangeiros

OU

Seja um associado

Conte com o apoio da segunda maior Sociedade de Dermatologia do mundo, tenha acesso a conteúdos exclusivos e um perfil profissional completo no site.

Envie sua proposta e seja um associado »

OR

Be an associate

Count on the support of the second largest Society of Dermatology in the world, have access to exclusive content and a complete professional profile on the site.

Submit your proposal and be an associate »

Notícias - Fique por dentro do mundo da Dermatologia.

Campanhas

SBD apoia mobilização no Dia Mundial Sem Tabaco que alerta sobre interação entre tabagismo e covid-19

31/05/2021 09:00

“Comprometa-se a parar de fumar durante a pandemia da covid-19”. Esse é o lema definido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para o Dia Mundial Sem Tabaco, comemorado nesta segunda-feira (31 de maio). O slogan tem o intuito de alertar para os inúmeros efeitos deletérios do tabagismo, destacando o fato do fumante – de qualquer produto derivado do tabaco – ter mais chance de desenvolver covid-19 em suas formas graves.

Devido à importância fundamental do engajamento de médicos e demais profissionais de saúde na disseminação dessas informações e em ações para encorajar fumantes a interromper o tabagismo, a Associação Médica Brasileira (AMB) divulgou uma carta para sensibilizar e promover mobilização em torno do tema. A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), atenta à questão, reitera as recomendações da AMB e convoca seus associados a também aderirem à causa, inclusive divulgou vídeo nas redes sociais onde faz o alerta à população.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A CARTA NA ÍNTEGRA

Conforme ressalta a carta divulgada, o tabagismo é considerado uma doença crônica, representada pela dependência à droga nicotina presente nos produtos derivados do tabaco. É a maior causa evitável de doença e morte no mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Anualmente, morrem mais de 7 milhões de pessoas em função do tabagismo ativo e 1,2 milhão por tabagismo passivo. No Brasil, são estimadas cerca de 156 mil mortes anuais (428 mortes por dia).

“Desde o início da pandemia causada pelo SARS-CoV-2, diversos estudos seguem em andamento. Diversos deles têm demonstrado que fumantes têm uma chance 2 a 3 vezes maior de desenvolver covid-19 grave, pois já podem apresentar redução da capacidade pulmonar ou mesmo doenças pulmonares crônicas, doenças cardiovasculares, diabetes e câncer”, alerta o documento assinado pelas AMB.

Tabaco e pele – De acordo com a coordenadora do Departamento de Cosmiatria Dermatológica da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Alessandra Romiti, o ato de fumar afeta o corpo humano como um todo, inclusive a pele.

“É um hábito que causa dano oxidativo ao organismo e liberação de radicais livres – moléculas produzidas pelo corpo que reagem com outros componentes e causam envelhecimento. Assim como estresse e tomar sol em excesso, fumar aumenta a produção desses radicais livres. Quando uma pessoa acende um cigarro nem imagina o mal que causa para si e aqueles que estão no mesmo ambiente”, explica.

Mas o cigarro não provoca apenas isso. Como ressalta o presidente da SBD, Mauro Enokihara, “o tabagismo tem relação com aproximadamente 50 outras enfermidades, dentre elas vários tipos de câncer, doenças do aparelho respiratório e doenças cardiovasculares. É importante conscientizar nossos pacientes e incentivá-los a parar de fumar. Essa é a mensagem dos dermatologistas neste dia 31 de maio”.

 

Compartilhe:
   

Siga a SBD e fique atualizado.