SBD

Brasileiros

SBD

Estrangeiros

OU

Seja um associado

Conte com o apoio da segunda maior Sociedade de Dermatologia do mundo, tenha acesso a conteúdos exclusivos e um perfil profissional completo no site.

Envie sua proposta e seja um associado »

OR

Be an associate

Count on the support of the second largest Society of Dermatology in the world, have access to exclusive content and a complete professional profile on the site.

Submit your proposal and be an associate »

Notícias - Fique por dentro do mundo da Dermatologia.

Eventos

Sucesso do V Simpósio Internacional sobre Unhas e Cabelos da SBD pode levar a adoção de formato híbrido em 2021

Cerca de mil pessoas participaram do evento online que contou com 60 palestrantes

12/11/2020 12:20


O presidente da SBD, Sérgio Palma, entre os coordenadores e assessores do Departamento de Cabelos e Unhas da SBD

Sucesso de audiência neste ano, o tradicional Simpósio Internacional de Cabelos e Unhas da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) pode sofrer as consequências da Covid-19 na sua próxima edição, prevista para maio de 2021. No que acaba de ser realizado, de 6 a 8 de novembro, as atividades aconteceram de modo online, inclusive com a participação à distância de convidados internacionais, coordenadas a partir de um estúdio montado especialmente para o evento. Contudo, o alto nível de participação e a boa avaliação do evento levam os organizadores a pensar num modelo híbrido no futuro, mesmo após o fim da pandemia.

“Temos aprendido com os novos tempos. Até o início de 2020, não tínhamos experiências na realização de grandes encontros, com a participação de congressistas e convidados à distância. Porém, a Covid-19 nos levou a buscar alternativas, inclusive por conta de avanços tecnológicos. A experiência tem nos mostrado ser possível manter a qualidade dos eventos. Talvez a solução esteja em conciliar o melhor do presencial e do remoto”, disse o presidente da SBD, Sergio Palma, um dos coordenadores do V Simpósio Internacional de Cabelos e Unhas.


A coordenadora e a assessora do Departamento de Cabelos e Unhas, Robertha Carvalho de Nakamura e Tatiana Villas Boas Gabbi, respectivamente, comandaram mesa que discutiu os exames microscópicos com a participação dos especialistas Adam Ruben (EUA); Josette Andre (Bélgica) e Alexandre Michalany (SP)

Exposições - Em 2020, o Simpósio contou com cerca de mil inscritos e 60 palestrantes. Dentre os nomes que contribuíram com exposições e debates, se destacam a belga Josette Andre, ex-presidente do European Nail Society; a polonesa Lidia Rudnicka, presidente da Polish Dermatological Society; e o alemão Eckart Haneke, um dos maiores especialistas em unhas do mundo.

As atividades, que foram também organizadas por Leonardo Spagnol Abraham e Robertha Carvalho de Nakamura – ambos coordenadores do Departamento de Cabelos e Unhas da SBD – , buscaram promover discussões aprofundadas sobre alguns dos tópicos mais relevantes nas áreas, inclusive envolvendo a incorporação de novas terapêuticas à prática nos consultórios. Na condução das diferentes sessões, seguindo nova lógica para estimular remotamente a participação dos dermatologistas, os expositores apresentaram casos clínicos e informações atualizadas sobre os temas, a partir do que há de mais recente na literatura científica.

“Conseguimos trazer nomes de peso, tanto nacionais quanto internacionais, e promovemos debates importantíssimos, com todos participando, mesmo à distância. O professor Nilton Di Chiacchio, por exemplo, palestrou no módulo sobre onicocriptose. Após apresentar vários casos clínicos, ele questionou outros palestrantes sobre quais condutas tomariam. Isso fomentou debate que envolveu todos os participantes.  Essa era a nossa proposta. Apesar de ter sido uma experiência nova, a dinâmica funcionou muito bem. Estamos muito contentes com o resultado”, ressaltou Robertha Carvalho de Nakamura.


Os dermatologistas Rodrigo Pirmez (RJ), Fabiane Andrade Mulinari Brenner (PR), Paulo Müller Ramos (PR) e o coordenador da mesa Leonardo Spagnol Abraham (DF) responderam às diversas questões sobre hot topics em alopecia androgenética, como o manejo do Minoxidil, os novos antiandrógenos e as terapias alternativas na alopecia androgenética

Além dos temas relacionados a unhas, a programação focada em cabelos, dentro do Simpósio, também chamou a atenção. Entre os assuntos colocados em perspectiva, tiveram destaque os antiandrôgenos nas alopecias: a interface dermatologia, urologia e mastologia; o impacto da pandemia nas diversas tricoses; e o lançamento do primeiro Consenso Brasileiro de Alopecia Areata. Debate sobre a visão atual dos alisantes no Brasil, que contou com a participação de um representante da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), também foi acompanhado com atenção.

“Apesar dos riscos, o formol continua sendo utilizado de forma irregular em salões de beleza. Já foram encontrados traços da substância em vários procedimentos, como as chamadas escovas inteligente, marroquina, egípcia, de chocolate, selagem, botox capilar etc”, lembrou Leonardo Spagnol Abraham, ao comentar o assunto, que continua sendo monitorado pela SBD.

Lembrando que as aulas do Simpósio foram gravadas e ficarão disponíveis em plataforma exclusiva para serem assistidas por 60 dias após o evento. Dessa forma, você poderá rever os temas de que mais gostou ou que não acompanhou ao vivo no momento da apresentação. Em breve, a SBD anunciará em seus canais de comunicação a data em que o conteúdo será disponibilizado aos congressistas.

 

 

Compartilhe:
   

Siga a SBD e fique atualizado.