Prezados colegas dermatologistas,

 

Faz-se necessário o seguinte esclarecimento em relação à sentença de arquivamento da ação que questiona os procedimentos estéticos realizados por dentistas: o pedido de desistência da ação foi enviado pelo advogado da Associação Médica Brasileira (AMB). Consta como se todas as partes estivessem envolvidas (AMB, SBCP e SBD)! Entretanto, ressaltamos que a atual diretoria da SBD não foi informada sobre tal pedido, assim como não autorizou o envio do mesmo. Estaremos tomando as devidas providências para o correto encaminhamento dessa questão!

Esclarecemos, ainda, que a SBD continuará patrocinando – em nome próprio ou em conjunto com as demais entidades médicas – as medidas judiciais e extrajudiciais que busquem impedir o exercício ilegal da medicina e, para isso, criou uma estrutura experiente e altamente especializada. A busca por caminhos mais efetivos e moldados à realidade da dermatologia brasileira serviu de base para que essa decisão fosse tomada. Nesse sentido, caminha a nova ordem dos trabalhos da SBD, com o envio de denúncias, informações e provas por parte dos médicos dermatologistas. Foi criado um número de WhatsApp exclusivamente para haver um canal de comunicação efetivo e direto entre o associado e a SBD especificamente em relação a defesa profissional! Além de garantir o anonimato dos médicos, esse canal visa acelerar as medidas tomadas contra a invasão da dermatologia.

Pois bem, uma nova ação judicial contra o Conselho Federal de Odontologia (CFO) será proposta em seguida, de forma isolada ou em conjunto com as demais entidades, e não haverá mais qualquer tipo de tolerância com a invasão da dermatologia! Esta é a posição, o anseio e a luta desta gestão que se alinha com o movimento médico nacional de defesa do ato médico!

 

Diretoria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)

Gestão 2017/2018