SBD

Brasileiros

SBD

Estrangeiros

OU

Seja um associado

Conte com o apoio da segunda maior Sociedade de Dermatologia do mundo, tenha acesso a conteúdos exclusivos e um perfil profissional completo no site.

Envie sua proposta e seja um associado »

OR

Be an associate

Count on the support of the second largest Society of Dermatology in the world, have access to exclusive content and a complete professional profile on the site.

Submit your proposal and be an associate »

Notícias - Fique por dentro do mundo da Dermatologia.

Eventos

Participação brasileira no 10º Congresso Mundial de Melanoma e 17º Congresso da Academia Europeia de Dermatologia e Oncologia Cutânea (EADO)

05/04/2021 04:55

Com o compromisso de manter as discussões científicas e o acesso a oportunidades de aprendizado durante a pandemia de covid-19, a organização do 10º Congresso Mundial de Melanoma decidiu cancelar o encontro que aconteceria em Roma, na Itália, para realizar de forma virtual, de 15 a 17 de abril. O evento é um dos maiores da área e reúne grandes especialistas para debater últimos avanços em diagnóstico, tratamento e equipamentos para exames mais precisos para detecção do câncer da pele. Este ano, será realizado em conjunto com o 17º Congresso da Sociedade Europeia de Dermato-Oncologia (EADO).

Diversas sociedades e associações médicas estarão presentes, entre elas a SBD Nacional, que será representada por dois dermatologistas: o Prof. Carlos Barcaui, que estará estará à frente do bloco sobre dermatoscopia para a condução do melanoma, e Prof. Marcus Maia, um dos coordenadores e participantes do bloco sobre dermatoscopia digital e scanners: indicações e procedimentos.

“Particularmente, tive a honra de ser convidado para coordenar um simpósio de dermatoscopia voltado para o papel da “Dermatoscopia no manejo do melanoma”. Dentre os temas a serem abordados destacam-se: “A dermatoscopia salva vidas?”; “E-Health em oncologia cutânea”; “Uso da dermatoscopia no pré e pós-operatório de pacientes com melanoma”; “Dicas clínicas para não perder o diagnóstico do melanoma e câncer de pele não melanoma” e “Nested melanoma”.  Como não poderia deixar de ser, chama a atenção a onipresença do impacto da pandemia da covid-19 no manejo dos pacientes oncológicos”, informa Barcaui, que recentemente coordenou um dos encontros mais importantes da área: o 2nd International Educational Symposium of the Melanoma World Society (MWS) e Latin American Skin Cancer Forum, realizado em parceria com o Grupo Brasileiro de Melanoma (GBM), no Rio de Janeiro, em 2018.

O Congresso promete muita atualização, discussão de casos clínicos e novidades em pesquisa com respeitados nomes da especialidade. “A participação de eminentes dermatologistas de todo mundo será aliada à participação de dermatologistas brasileiros. Vale lembrar que todas as aulas serão gravadas e ficarão disponíveis para os congressistas após 24 horas de sua realização e até o dia 31 de outubro. Posso adiantar que esse congresso promete muitas novidades a respeito do melanoma e do câncer da pele”, disse Marcus Maia.

O programa científico abordará não apenas aspectos do câncer de pele melanoma, mas também contemplará os carcinomas de células escamosas; os de células de Merkel e o basocelular; além da ceratose actínica, sarcoma cutâneo e linfoma cutâneo de células T e B, e outros. Epidemiologia, prevenção, estadiamento, cirurgia e radioterapia e terapias sistêmicas e intralesionais também estarão em pauta

Para inscrições e mais informações acesse a página oficial do encontro: https://worldmelanoma2021.com/.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe:
   

Siga a SBD e fique atualizado.