SBD

Brasileiros

SBD

Estrangeiros

OU

Seja um associado

Conte com o apoio da segunda maior Sociedade de Dermatologia do mundo, tenha acesso a conteúdos exclusivos e um perfil profissional completo no site.

Envie sua proposta e seja um associado »

OR

Be an associate

Count on the support of the second largest Society of Dermatology in the world, have access to exclusive content and a complete professional profile on the site.

Submit your proposal and be an associate »

Ceratose

Ceratose

É uma alteração da camada mais superficial da pele (camada córnea), com hipertrofia e aspecto escamoso ou verrucoso, sendo que o número de lesões pode ser variado.

O que é? O que é?

É uma alteração da camada mais superficial da pele (camada córnea), com hipertrofia e aspecto escamoso ou verrucoso, sendo que o número de lesões pode ser variado.

Tipos de Ceratoses

  • Ceratose Actínica (ou queratose actinica): é uma lesão de pele causada pelo sol (por isso chamada actinica). Normalmente surge em áreas expostas ao sol como face, orelhas, couro cabeludo em calvos, colo, dorso das mãos e antebraços. Quando localizada nos lábios se denominam queilite actínica. Pessoas de pele clara, cabelos loiros ou ruivos, e olhos claros (azuis ou verdes) são as mais suscetíveis de apresentar essas lesões que se caracterizam por áreas avermelhadas ou ligeiramente acastanhadas, com uma superfície áspera e queratósica. É conhecida também como ceratose solar ou senil, pois a exposição solar crônica é que a provoca. Por isso são mais encontradas em pessoas idosas. É considerada uma lesão pré-maligna, pois pode evoluir para o carcinoma espinocelular. Quanto maior o número de lesões maior a chance de evoluir para um carcinoma;
  • Ceratose Seborreica: é uma lesão benigna da pele, geralmente arredondada ou irregular, de coloração acastanhada, amarronzada ou negra, e de aspecto verrucoso. Aparece principalmente na face e tronco e pode crescer se tornando volumosa. Geralmente é de origem genética;
  • Ceratose Pilar (ou folicular): se caracteriza por pequenas manchas avermelhadas ou esbranquiçadas, principalmente nos braços, pernas, nádegas e bochechas pelo acumulo de queratina nos folículos pilosos. A pele fica com aspecto áspero e ressecado, podendo aparecer em qualquer tipo de pele, no entanto é mais comum em pacientes com dermatite atópica. Tendem a desaparecer com a idade, sendo que parece haver uma predisposição genética.


 

 

 

Tratamentos Tratamentos

Tratamentos mais comuns:

  • Ceratose Actínica: devido ao fato de serem lesões pré-malignas devem ser tratadas. Existem várias possibilidades de terapia que dependem do tamanho da lesão e de sua profundidade: -Crioterapia: cauterização pelo frio por nitrogênio líquido; -Curetagem e eletrocoagulação das lesões; -Cremes com 5 Fluoracil (5FU): tratam também lesões subclínicas; -Cremes com Imiquimode a 5 %; -Mebutato de Ingenol; -Remoção da lesão por cirurgia e encaminhamento para exame anatomopatológico, quando se suspeita de um carcinoma espinocelular.
  • Ceratose Seborreica: como estas lesões são benignas, muitas vezes não requerem tratamento, a menos que estejam trazendo desconforto e prurido para os pacientes. Caso se opte por tratar, a terapia pode ser feita com crioterapia, eletroterapia ou cauterização química com ácidos como o tricloroacético.
  • Ceratose Pilar: o tratamento é feito com ceratolíticos como ácido salicílico e hidratação.

Prevenção Prevenção

No caso da ceratose actínica, a prevenção é a proteção contra a radiação ultravioleta com filtros solares, roupas adequadas, chapéus e se evitar exposição em horários nos quais a radiação solar é mais intensa (10 às 15 horas). Já nos casos da ceratose seborreica e da ceratose pilar não há medidas disponíveis para a prevenção.

Outros problemas e doenças de pele

Granuloma Anular

Granuloma Anular

Doença benigna, em geral autolimitada (que tem um período limitado e determinado), que acomete especialmente crianças e adultos jovens.

Leia mais...
Hemangioma

Hemangioma

É o tumor benigno mais comum nessa faixa etária. As lesões podem raramente estar presentes ao nascimento, mas praticamente todos os hemangiomas estão visíveis ao final do primeiro mês de vida.

Leia mais...
Dermatofitose

Dermatofitose

Doença causada por fungos ou cogumelos chamados dermatófitos.

Leia mais...
Herpes Zóster

Herpes Zóster

Chamada popularmente de cobreiro, é causado pelo Varicella zoster vírus (VZV) ou herpesvírus humano tipo 3, o mesmo que causa a varicela.

Leia mais...
Esporotricose

Esporotricose

A esporotricose é uma micose causada pelo fungo universal da espécie Sporothrix spp, mas causa doenças especialmente em indivíduos que residem em países de clima tropical e subtropical.

Leia mais...
   

Siga a SBD e fique atualizado.