O Dia dos Pais traz a oportunidade de lembrar sobre a importância da saúde e o cuidado com a pele dos homens. Segundo o dermatologista e diretor da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Hélio Miot, há particularidades relacionadas ao atendimento masculino.

“No Brasil, os cânceres de pele são mais frequentes entre homens, e, por outro lado, a procura por cuidado médico é maior entre as mulheres. O que leva – de forma geral – a diagnósticos mais tardios e intervenções mais complexas no seu tratamento. Os homens têm maior número de glândulas sebáceas no rosto e grande sensibilidade à testosterona, hormônio que influencia o funcionamento dessas glândulas. Para se ter ideia, a produção de sebo nos homens é, em média, duas vezes maior do que nas mulheres. A maior quantidade de sebo provoca excesso de oleosidade, poros dilatados, cravos e acne – mais graves entre meninos”, esclarece o especialista.

Além das queixas sobre pele, barba e unhas, outra também muito frequente é a calvície, que afeta até 80% dos homens.

Cuidados com a pele

* Lavar o rosto com água fria, com sabonete apropriado para o rosto.

*Aplicar hidratante na pele do corpo após o banho. E na face, especialmente para os que possuem pele seca, de acordo com a orientação do médico dermatologista.

*Após os 40 anos, visitar o dermatologista pelo menos uma vez por ano, para o diagnóstico de lesões consideradas pré-malignas e malignas ou ainda para procurar tratamentos estéticos como aplicação de toxina botulínica, preenchimentos e cuidados com os cabelos, unhas, barba.

Mantenha as unhas em dia

* Não há necessidade de pintar ou retirar as cutículas. O importante é cortá-las bem e deixá-las limpas.

* Até 35% dos homens desenvolvem unha encravada durante a vida, o que causa dor, desconforto e queda de produtividade profissional, o dermatologista pode realizar intervenções que curam a unha encravada.

* Micoses de unha ocorrem em mais de 30% dos adultos, especialmente nos pés. Além de contagiar outras partes do corpo e pessoas da casa, as micoses são portas de entrada para outras bactérias que podem levar a graves infecções como a erisipela.  Os dermatologistas estão aptos a tratar de forma eficaz as micoses de unha.

Cuide do cabelo

* Fique atento para a caspa e a oleosidade dos fios.

* A calvície inicia-se no final da adolescência, e tem caráter hereditário. Procure um dermatologista precocemente a fim de tratar mais facilmente a calvície.

Para fazer a barba “O barbear retira a proteção natural da pele, ou seja, os pelos. Por isso, é preciso barbear-se com bastante higiene e cuidado. Barbear-se todos os dias pode deixar a pele ressecada e susceptível a pelos encravados ou irritações. O segredo do bom barbear é a preparação da pele, com esfoliação e emoliência, para deixar o pelo flexível e prevenir problemas como vermelhidão, sensibilidade e irritações”, explica Dr. Hélio Miot.

Confira outros cuidados que devem ser observados:

* O melhor momento para remoção da barba é após o banho, pois o vapor dilata os poros e torna os pelos mais flexíveis, facilitando o barbear.

* Ao movimentar a lâmina, acompanhe o sentido em que os pelos crescem – isso evita que os pelos encravem.

* Utilize sempre lâminas novas e pessoais – isso evita contaminação e ferimentos.

* Ao terminar de barbear, não esfregue a toalha; apenas seque o rosto levemente.

* Sempre hidrate a pele após barbear.

* Sempre que puder, fique alguns dias sem fazer a barba.

* Peles sensíveis ficam ainda mais vulneráveis no barbear, que pode causar irritações. Para evitar e minimizar essas reações, a pele deve estar limpa e a lâmina deve ser de uso individual.

 

Busque um médico associado à SBD