SBD

Brasileiros

SBD

Estrangeiros

SBD

Centros Dermatológicos

SBD

Regionais

OU

Seja um associado

Conte com o apoio da segunda maior Sociedade de Dermatologia do mundo, tenha acesso a conteúdos exclusivos e um perfil profissional completo no site.

OR

Be an associate

Count on the support of the second largest Society of Dermatology in the world, have access to exclusive content and a complete professional profile on the site.


Granuloma Anular

Granuloma Anular

Doença benigna, em geral autolimitada (que tem um período limitado e determinado), que acomete especialmente crianças e adultos jovens.

O que é? O que é?

Doença benigna, em geral autolimitada (que tem um período limitado e determinado), que acomete especialmente crianças e adultos jovens. Sua causa ainda não está bem esclarecida, embora diversos tipos de estímulos físicos (radiação UV), químicos (vitamina D) e infecciosos (vírus EBV, vírus Varicela zoster, vírus da hepatite C), e algumas doenças (diabetes mellitus, artrite reumatóide, linfomas) têm sido implicados. Pode haver remissão espontânea.

Sintomas Sintomas

A manifestação clínica característica é o surgimento de várias lesões arroxeadas ou da cor da pele, sobrelevadas, agrupadas em formato de anel (anular) ou ferradura. Geralmente, não coçam ou coçam pouco e se localizam preferencialmente no dorso das mãos e pés, embora possam ocorrer em qualquer local do corpo. Existem formas clínicas localizadas, generalizadas, subcutâneas e perfurantes que devem ser diferenciadas de várias outras dermatoses.  A suspeita diagnóstica clínica pode ser confirmada pelo exame histopatológico da biópsia da pele.

Tratamentos Tratamentos

O tratamento nem sempre é necessário, como, por exemplo, nos casos localizados e assintomáticos. Quando realizado, o resultado terapêutico é muito variável. Podem ser utilizadas medicações tópicas como creme de corticoide, vitamina E, tretinoína, imiquimod, tracolinus; corticoterapia intralesional; crioterapia; fototerapia; laser; remoção cirúrgica; medicações sistêmicas como hidroxicloroquina, corticoides, dapsona, pentoxifilina, isotretinoína, nicotinamida, ciclosporina, methotrexate e colchicina, entre outros.

Prevenção Prevenção

Não há prevenção.

Outros problemas e doenças de pele

Queratose Actínica

Queratose Actínica

Ceratoses ou queratoses actínicas são neoplasias benignas da pele com potencial de transformação para um tipo de câncer de pele (carcinoma de células escamosas ou carcinoma espinocelular).

Leia mais...
Escabiose (ou Sarna)

Escabiose (ou Sarna)

Sarna ou escabiose é uma parasitose humana causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei variedade hominis.

Leia mais...
Acne

Acne

Condição de pele que ocorre quando os folículos capilares são obstruídos por óleo e células mortas da pele.

Leia mais...
Farmacodermia

Farmacodermia

Reação cutânea adversa a medicamentos. Qualquer efeito indesejado na pele, mucosas, cabelos e unhas, na sua estrutura ou função, desencadeado pelo uso de medicamento.

Leia mais...
Estrias

Estrias

Estria é uma atrofia tegumentar adquirida que surge quando as fibras elásticas e colágenas (responsáveis pela firmeza da pele) se rompem e formam “cicatrizes”.

Leia mais...
   

Siga a SBD e fique atualizado.